Quarta-feira, 29 de Junho de 2022

Home Brasil É falso que o presidente da Petrobras tenha dito que alta na gasolina é culpa de dívida com os Estados Unidos

Compartilhe esta notícia:

É falso que o presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, tenha dito que a companhia está pagando indenização de R$ 880 bilhões aos Estados Unidos por causa de desvios cometidos durante gestões dos ex-presidentes petistas Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, como afirma postagem compartilhada nas redes sociais. Não foi encontrado registro da entrevista mencionada no post e a Petrobras confirmou que a declaração nunca foi feita.

Uma postagem com 1,2 mil compartilhamentos no Facebook afirma que Silva e Luna teria dito à Jovem Pan que “estamos terminando de pagar a ação indenizatória que o povo americano entrou na justiça por causa dos roubos que Lula e Dilma roubaram da Petrobras e fez a empresa quase falir (sic)“. A indenização seria de R$ 880 bilhões, o que teria encarecido o preço da gasolina.

A postagem foi publicada no dia 14 de janeiro e diz que Joaquim Silva e Luna teria participado de entrevista na Jovem Pan no dia anterior. Mas na programação do veículo do dia 13 de janeiro não houve participação do presidente da Petrobras.

Em nota, a Petrobras confirmou que as declarações não foram feitas por ele. “O trecho citado não corresponde às declarações feitas pelo presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna, nas entrevistas ao veículo mencionado”, diz.

A última entrevista de Silva e Luna à Jovem Pan ocorreu em 23 de novembro de 2021, no programa Os pingos nos Is. Nela, o presidente fala sobre o pré-sal, a direção da Petrobras, o aumento do preço da gasolina e os investimentos na empresa.

Sobre o preço do combustível, Silva e Luna nega que a Petrobras tenha interferência na alta dos valores cobrados aos consumidores. Ele não faz qualquer relação entre valores de dívidas que estejam sendo pagas e o aumento nos postos.

“A contribuição da Petrobras no preço da gasolina é de R$2,33″, disse ele. “Ela tá chegando a R$7, a R$8, mas isso não é Petrobras. [Desse valor] 27% são de etanol, outra parte são tributos federais, ICMS, PIS, Cofins e no final chega o preço desse montante. Tem a própria revenda que acrescenta. A contribuição da Petrobras no preço é pequena, se tem algo que possa ser feito não seria aqui na Petrobras”.

A entrevista mais recente concedida por Joaquim Silva e Luna à imprensa foi ao Estadão. Como justificativa para o aumento do preço da gasolina, o presidente diz que a regulação parte do mercado. “Ainda há pessoas que consideram, por desinformação ou outro motivo, que a Petrobras deva ser responsável pela redução de preço. Ela não tem condições de fazer isso”, disse, em 8 de janeiro deste ano.

Petrobras e EUA

Em outubro de 2021 a Petrobras anunciou que concluiu o pagamento de US$ 853,2 milhões à Securities and Exchange Comission (SEC), previsto em acordo judicial assinado com o Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DoJ), divulgado em setembro de 2018. Segundo a Petrobras, o acordo foi “de não acusação relacionado aos nossos controles internos, registros contábeis e demonstrações financeiras durante o período de 2003 a 2012”.

Em 2018, a empresa anunciou que pagaria US$ 2,9 bilhões para encerrar uma ação coletiva feita por investidores estrangeiros contra a estatal. A ação foi movida em Nova York. À época, a alegação era de que os investidores foram enganados ao comprar ações enquanto ocorria um esquema de corrupção dentro da empresa.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Bolsonaro diz que Petrobras pode colaborar em prospecção de petróleo e gás no Suriname
Não é verdade que nenhuma criança tenha morrido por covid na Alemanha
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde