Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2022

Home Colunistas Piauí sofre

Compartilhe esta notícia:

O tempo anda estranho no Piauí. O governo decretou, ao mesmo tempo, emergência por conta das chuvas com enchentes e secas em regiões diferentes do Estado. A seca atinge 35 cidades do Semiárido, que ficaram com reservatórios de águas vazios e precisam do atendimento de carros-pipa. Já as enchentes atingem os municípios da região do cerrado. O prejuízo é social, com desabrigados, e econômico também. A rodovia PI-247, que liga Uruçuí a Ribeiro Gonçalves, rompeu e impossibilitou o escoamento da safra de grãos do cerrado. A base do Exército no Estado foi acionada para ajudar.

Água represada

Como tragédia pouca é bobagem no Brasil, o cenário é de risco com a barragem da Chesf em Boa Esperança. Passou dos 70% da capacidade e pode ter que abrir comportas.

Roda gigante

Já passou o Brasil dos chafarizes e portais de entrada de cidades no interior – obra dos sonhos de prefeitos das décadas de 70 e 80. Os alcaides agora pedem emendas no MTur e Congresso para instalar teleféricos e rodas gigantes.

Curral em transe

A Polícia Federal e o Ministério Público estão de olho numa grande fazenda no interior de Alagoas.

Alerta na saúde

A Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia de Produtos para a Saúde alerta que corte de R$ 290 milhões no SUS do Orçamento de 2022 deve prejudicar o fornecimento de equipamentos hospitalares. Para a entidade, a medida terá impacto direto com a indústria, principalmente os usados para procedimentos cardiovasculares.

MERCADO

Imóvei$ no DF

Brasília segue em alta no mercado imobiliário – na inflação e na valorização de propriedades novas. Dados do Wimóveis, maior portal imobiliário do DF, indicam que novembro registrou alta de 1,1% no valor do metro quadrado. O preço médio do m² na capital, hoje, é de R$11.012,00. Poucos anos atrás não passava de R$ 7 mil.

Em Sampa

O Procon-SP e CRECI-SP fecharam parceria para fiscalização das transações imobiliárias, coibindo o exercício ilegal da profissão e a elaboração de uma cartilha de boas práticas para “corretores fakes”.

Shoppings: R$ 5,3 bi

As vendas na semana de Natal (19 a 25) somaram R$ 5,3 bilhões nos shoppings centers do Brasil filiados à ABRASCE, crescimento de 10,7% em comparação com o Natal de 2020. Os dados são amparados no Índice Cielo do Varejo Ampliado.

Segura o dinheiro!

Para uma pequena noção da dependência do Brasil do capital externo, e neste momento de crise mundial. O Comitê de Política Monetária fecha o ano com sete altas consecutivas na taxa Selic.

Mercado verde

Micro e pequenas indústrias esperam que o Governo ofereça melhores condições contra impacto ambiental. Segundo pesquisa do Datafolha/Simpi, 94% dos empresários entrevistados entendem que é papel do Governo promover ações práticas, sustentáveis e tecnológicas verdes, além de ser mais efetivo apresentando soluções reais.

Venha, 2022!

Um feliz ano novo para todos, com paz, conquistas, felicidades. Mas também muita reflexão sobre erros e acertos. E fé na vida, na ciência e nos seres humanos.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

Fator Requião
Fatos históricos do dia 31 de dezembro
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde