Domingo, 07 de Agosto de 2022

Home Rio Grande do Sul Polícia Rodoviária Federal intercepta cargas de cigarro contrabandeado em três rodovias gaúchas

Compartilhe esta notícia:

E menos de 24 horas, nesta segunda-feira (21) a Polícia Rodoviária Federal (PRF) interceptou cargas de cigarros contrabandeados do Paraguai em três rodovias no Rio Grande do Sul. Os flagrantes foram realizados em Lagoa Vermelha, Pelotas e Passo Fundo, resultando também na prisão em flagrante de três pessoas.

O primeiro caso foi registrado de madrugada, quando a corporação mandou parar em trecho da BR-470 próximo a Lagoa Vermelha (Região Nordeste do Estado) um automóvel Astra com placas clonadas e no qual eram transportados 12,5 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. Um jovem de 20 anos que dirigia o eículo foi preso.

Os agentes haviam recebido informações da corporação sobre um carro procedente de Santa Catarina e que estaria sendo utilizado para levar a carga ilícita para o Rio Grande do Sul. Ao perceber a barreira montada nas imediações da cidade gaúcha, o motorista tentou fazendo o retorno sobre a rodovia para fugir, mas acabou cercado por viaturas da PRF.

Confirmando a dica dos colegas do Estado vizinho, a equipe encontrou o produto – avaliado em aproximadamente R$ 50 mil – em diferentes partes internas e externas do Astra, incluindo porta-malas e espaço sobre os bancos, chegando ao teto. Com carteira de identidade do Paraná, o condutor

O motorista, um paranaense de 19 anos, estava sozinho. Ele foi preso em flagrante e encaminhado para registro de ocorrência pela Polícia Federal (PF) em Passo Fundo. A carga e o veículo foram apreendidos.

Reprise no Sul do Estado

O contrabando de cigarros paraguaios envolveu uma ação semelhante na tarde desta segunda-feira, quando a PRF prendeu uma mulher de 28 anos em trecho da BR-116 na área de Pelotas (Região Sul). Ela conduzia um Fiat Uno  com placa de Santa Maria (Região Central) em direção ao Sul do Estado lotado com 5 mil maços do produto.

Natural de Porto Alegre, a motorista foi presa por contrabando e conduzida a uma Delegacia de Polícia. Já o carro e a carga irregular estão à disposição da justiça.

Ocorrência na Região Central

Pelo jeito, os cigarros paraguaios têm feito sucesso entre os fumantes gaúchos. Ainda pela tarde, foi a vez da terceira ocorrência, em menos de 24 horas, envolvendo prisão em flagrante e apreensão de produto oriundo de contrabando.

Na ocasião, a Polícia Rodoviária Federal encontrou uma carga ilegal com 155 mil maços, a bordo de uma carreta Volvo que trafegava pela rodovia BR-285, próximo a Passo Fundo (Região Central). O caminhoneiro, um paranaense de 37 anos, apresentou uma nota fiscal referente a 31 toneladas de soja, mas os agentes suspeitaram.

A lona do veículo foi retirada para verificação da carga. Resultado: sobre os grãos da oleaginosa, estavam centenas de caixas com os cigarros ilegais, que totalizaram 155 mil maços. O prejuízo ao esquema criminoso é superior a R$ 500 mil.

Ao receber voz de prisão, o homem contou que havia carregado o lote em seu Estado de origem e afirmou desconhecer o destino do produto, pois receberia posteriormente as orientações, por telefone, sobre o local de entrega. Carga e carreta foram recolhidos pela PRF.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Bolsonaro pede “compreensão” aos demais servidores para reajustar antes policiais rodoviários federais
Em Porto Alegre, 53% da gurizada a partir dos 5 anos já recebeu a primeira dose contra covid
Deixe seu comentário
Pode te interessar
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde