Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Home Rio Grande do Sul Defesa Civil atualiza estragos causados pelas enchentes no Rio Grande do Sul

Compartilhe esta notícia:

A Defesa Civil divulgou um balanço, na noite desta segunda-feira (20), com as atualizações referentes às catástrofes causadas pelos eventos climáticos que castigaram o Rio Grande do Sul nos últimos dias. Até este momento, quatro mortes foram confirmadas: uma mulher, após queda de telhado de ginásio em Giruá, mãe e filha, soterradas em uma casa em Gramado, e um homem, que tentou atravessar as águas com seu carro e foi arrastado em Vila Flores.

Os dados oficiais apontam (período de 15 de novembro até as 19h desta segunda-feira):

  • 158 municípios atingidos;
  • 4 óbitos;
  • 63 feridos;
  • 13.264 desalojados;
  • 3.737 desabrigados;
  • Mais de 227 mil pessoas afetadas direta ou indiretamente.

Mais cedo, mergulhadores do Corpo de Bombeiros dos municípios de Passo Fundo e Carazinho, Brigada Militar e Brigada Ambiental, e prefeitura de Almirante Tamandaré do Sul, localizaram o veículo com os dois ocupantes, pai e filho. Cleiton Wilmens e Luan Wilmens, de apenas 2 anos, foram encontrados sem vida.

O automóvel em que viajavam, na companhia também de Tatiane Pazinato, mãe da criança e esposa de Cleiton, caiu no sábado (18) da ponte sobre as águas do Rio Turvo. Tatiane Pazinato teve seu corpo localizado ainda no domingo (19), nas águas, distante 1km da ponte. Estes dois óbitos não foram computados pela Defesa Civil.

Governador visita regiões afetadas

O governador Eduardo Leite visitou a cidade de Santa Tereza na tarde desta segunda para avaliar a situação após a nova enchente causada pelas chuvas que atingiram a região nos últimos dias. Leite chegou ao município por volta das 15h e, posteriormente, foi averiguar as áreas mais afetadas pelo Rio Taquari.

“Naturalmente, nesse momento, a necessidade para restabelecer os serviços é maquinário para poder limpar, arrumar a cidade dos estragos mais imediatos, fazer desobstrução de vias, arrumar estradas, estradas rurais, porque ficaram muito comprometidas. Então a gente está providenciando, aprendizado com os outros episódios de chuvas. A gente criou uma nova ferramenta de disponibilização de recursos para os municípios, que é repasse fundo a fundo, orientando os prefeitos todos que, a partir do decreto de situação de emergência, façam a requisição dos valores e disponibilizar pelo menos 400 mil reais para cada um dos municípios, para horas máquina, para fazer limpeza, desobstrução de vias, todo o conserto que for necessário e se o município precisar para comprar telhas, lona, o que for necessário“ disse o governador em entrevista coletiva.

Leite informou ainda que seguirá acompanhado os estragos maiores para a formulação dos planos de trabalho, bem como buscar outros recursos para restabelecer as condições de infraestrutura que foram afetadas nesse episódio de chuvas.

“Para as pessoas que foram afetadas, o nosso programa Volta por Cima. A gente disponibiliza recursos para as famílias de baixa renda que foram afetadas, acreditando no seu cartão cidadão, que é um cartão de compras, onde a gente faz o programa Devolve ICMS, onde faz o programa Todo Jovem na Escola. Nesse mesmo cartão vai ser depositado R$ 2.500,00 por família que foi atingida nos municípios em situação de emergência, situação de calamidade. E foram muitas as famílias atingidas. Acabei de visitar São Sebastião do Caí, que teve mais da metade da cidade, talvez 80% da zona urbana da cidade, impactada com as cheias do rio Caí. E aqui também no Vale do Taquari. A gente está disponibilizando esses recursos. Cuidar das pessoas e ajudar as cidades a restabelecerem a ordem é a prioridade agora“, finalizou.

 

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Preso pelo Atos de 8 de Janeiro morre no presídio da Papuda em Brasília
Um alento: Brasil passou por sustos nas Eliminatórias antes das últimas conquistas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde