Terça-feira, 23 de Abril de 2024

Home Política Juíza manda expedir alvará para soltar o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral

Compartilhe esta notícia:

A juíza Gabriela Hardt, da 13.ª Vara Federal de Curitiba, determinou nesta segunda-feira (19), a expedição do alvará de soltura do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral.

O procedimento é a última pendência para o ex-governador deixar o presídio de Bangu. O STF (Supremo Tribunal Federal) revogou na semana passada a ordem de prisão preventiva que o mantinha na cadeia.

Cabral passará ao regime domiciliar. A juíza pediu que a defesa informe com urgência o endereço residencial onde ele pretende ficar.

A decisão também determina o uso de tornozeleira eletrônica. O aparelho deverá ser custeado pelo ex-governador.

“O acusado fica advertido dos termos e das condições impostas para o cumprimento pena em regime domiciliar, principalmente, que deverá permanecer recolhido em prisão domiciliar em período integral nos dias úteis, finais de semana e feriados”, destacou a juíza.

Réu em 35 ações penais

Sérgio Cabral foi denunciado em 35 processos decorrentes de investigações da Operação Lava-Jato, sendo 33 na Justiça Federal e dois na Justiça do Rio (estes junto com o ex-procurador-geral de Justiça Claudio Lopes).

O ex-governador já foi condenado em 23 ações penais na Justiça Federal, com penas que chegam a 425 anos e 20 dias de prisão. Mas decisões recentes do STF podem fazer com que algumas dessas condenações sejam modificadas ou anuladas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Expediente bancário tem alterações neste final de ano no Brasil
“Oportunidade da minha vida”, diz o zagueiro Bruno Uvini ao ser apresentado pelo Grêmio
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Pampa Na Tarde