Quarta-feira, 19 de Junho de 2024

Home Rio Grande do Sul Cuidados após enchentes: especialistas orientam sobre a limpeza da casa e o que fazer com móveis e utensílios

Compartilhe esta notícia:

No Rio Grande do Sul, o doutor Drauzio Varella acompanhou uma família de volta para casa depois da inundação.

Ele conversou com especialistas que orientaram sobre o que fazer com móveis e utensílios, além da limpeza da casa.

Cuidados 

Caroline Deutschendorf, que é médica infectologista, explicou quais são os cuidados que as pessoas devem ter quando voltarem para a casa. De acordo com a especialista, é importante utilizar botas grossas e luvas de borracha para proteção contra contaminantes.

“Uma bota grossa para proteger os pés do barro e da sujeira e é importante que você esteja com uma luva de borracha bem grossa para garantir que vai proteger as mãos também para não contaminar com nenhuma sujeira”, afirmou a chefe de Controle de Infecção Hospitalar/HCPA.

Desafios

A médica infectologista explicou ainda o processo de limpeza de móveis e alimentos:

“As embalagens podem ser reaproveitadas porque a gente tem como lavar”.

A limpeza segundo a especialista, deve ser feita com água e sabão. “A agua corrente e o sabão e quando ele estiver visivelmente limpo é importante fazer um banho, uma imersão com água sanitária que pode estar diluída em água”.

Ela também detalhou o uso adequado de água sanitária para desinfetar itens antes de reutilizá-los.

“Um copo americano de 200 ml para 4 copos de água. Deixa esses itens por até uma hora ali de molho, enxágua, seca bem e está pronto para uso”.

Drauzio e Caroline também discutiram a importância de lavar pisos e paredes com água e sabão para remover o lodo. Além disso, recomendaram o uso de uma solução de água sanitária para desinfetar áreas afetadas.

“Um balde de 20 litros para um copinho de água sanitária”.

Banheiro e móveis

Caroline enfatizou que as orientações também servem para a limpeza do banheiro.

“O vaso sanitário pode ser reaproveitado desde que bem lavado e desinfetado”, disse.

A integridade dos móveis deve ser avaliada antes da limpeza, observou Caroline. Se possível, os móveis podem ser lavados e desinfetados para reutilização.

“Móveis é basicamente analisar a integridade deles, porque sendo possível lavá-los, por exemplo, uma cama, se a madeira não está se desfazendo, lavando e desinfetando com água sanitária, ela poderia ser recolocada”, disse.

Recuperação e reutilização 

Ela também abordou o processo de limpeza das roupas:

“Ela pode ser reutilizada. A questão é conseguir lavar e tirar o odor e a sujeira”, afirmou.

Quanto aos brinquedos, a especialista enfatizou a importância de descartar itens muito danificados ou difíceis de limpar.

“Isso é bem importante, a gente tomar o cuidado porque crianças às vezes levam à boca. Se a gente não está conseguindo limpar, o ideal é descartar. Brinquedos que são lisinhos, que a gente consegue lavar e colocar de molho, não tem nenhum problema, podem ser reaproveitados”, disse.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Pagamento do Bolsa Família para mais de 21 mil famílias atingidas no RS está previsto para esta quarta
Vídeo não mostra funcionários abrindo barragens no RS; imagens de 2023 são de usina sem comportas
Deixe seu comentário
Baixe o app da RÁDIO Pampa App Store Google Play

No Ar: Show de Notícias